Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Oficial Técnico Temporário
Início do conteúdo da página

Oficial Técnico Temporário

Publicado: Terça, 25 de Julho de 2017, 13h29 | Última atualização em Segunda, 24 de Setembro de 2018, 18h46 | Acessos: 100537

est

 

O Estágio de Serviço Técnico (EST), é uma das formas de ingresso no Serviço Técnico Temporário (SvTT) como Oficial. Diante da necessidade de preencher as vagas funcionais existentes no nível Superior, foi criado o Quadro de Oficial Técnico Temporário. O Oficial Técnico Tempórário é o militar cuja permanência não é definitiva, a convocação é feita por um período de 12 (doze) meses, podendo obter prorrogações sucessivas até no máximo 8 (oito) anos.

 

PÚBLICO ALVO

Profissionais que já concluíram a formação de nível Superior em Áreas de Habilitações de interesse do Exército, até a data da inscrição.

 

CONDIÇÕES PARA INSCRIÇÃO E CONVOCAÇÃO

 - Ser voluntário e brasileiro (a) nato (a);

- Possuir de 19 (dezenove) a 37 (trinta e sete) anos de idade em 31 de dezembro do ano da convocação;

- Possuir no máximo, 05 (cinco) anos de tempo de serviço público na data da incorporação.

- Ter no mínimo 1,60 metros de altura, se do sexo masculino, e 1,55 metros de altura, se do sexo feminino;

* Maiores informações no Aviso de Convocação que será divulgado no início das inscrições

 

INSCRIÇÕES

Realizadas no site do Comando da 1ª Região Militar www.1rm.eb.mil.br, de acordo com o calendário previsto no Aviso de Convocação.

 

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS À INSCRIÇÃO

documentos

 

FASES DO PROCESSO SELETIVO

1) Avaliação Curricular – classificatório e eliminatório;

2) Teste de Conhecimentos – eliminatório e classificatório;

3) Inspeção de Saúde e Entrevista de Recursos Humanos – eliminatório; e

4) Exame de Aptidão Física – eliminatório.

 

DURAÇÃO DO SERVIÇO MILITAR

 O EST tem duração de doze meses assim divididos

1ª FASE: denominada instrução técnico-militar, com duração de quarenta e cinco dias, realizada, obrigatoriamente, para adaptar o convocado às normas e procedimentos da vida militar; e

2ª FASE: destinada à aplicação de conhecimentos técnico-profissionais, realizada nas Organizações Militares para as quais foram convocados.

registrado em:
Fim do conteúdo da página